O RAPAZ DE BRONZE

15-03-2017 11:04

O Rapaz de Bronze, de Sophia de Mello Breyner Andresen ilustrado por Júlio Resende

Muitos dos contos da autora foram inspirados por praias, casas, jardins e pinhasi da sua infância. A história do "O Rapaz de Bronze" foi foi inspirada pela quinta da sua avó e pelos jardins, bosques, parque e pinhais que rodeavam a casa.

Num jardim onde à noite todas as plantas ganhavam vida, sendo que os gladíolos, estavam muito na moda, eram as flores mais colhidas. Certo dia, nasceu um gladíolo que ficou muito contente, por saber que ia ser colhido. Mas, no dia seguinte, ouviu a dona da casa a dizer ao jardineiro, para não colher mais gladíolos, porque faziam falta ao jardim. Então, o gladíolo decidiu fazer uma festa para não ficar triste. Ele tinha de pedir primeiro, autorização ao Rapaz de Bronze, que era o dono do jardim durante a noite. O Rapaz de Bronze autorizou a festa e o Gladíolo convidou todas as flores do jardim. Mas dois dias antes da festa, eles pensaram, como as pessoas punham flores nas jarras, eles também tinham que pôr uma pessoa numa jarra.Então tomaram a decisão de   que iriam pôr na jarra a Florinda, que era a filha do jardineiro e tinha sete anos. Florinda ficou surpeendida pelo convite mas resolveu aceitar. Quando chegou à festa não queria acreditar no que estava a ver...

 Livro muito fácil de ler, com  uma narrativa simples e fácil e com uma história encantadora